Comarca de Novo Acordo realiza Correição Geral Ordinária de 1º a 31 de março

[ad_1]

Começa no dia 1º de março, a Correição Geral Ordinária da Comarca de Novo Acordo. A atividade correcional segue até o dia 31 de março e atenderá aos municípios que compreendem a Comarca: Aparecida do Rio Negro, Lagoa do Tocantins, Lizarda, São Félix do Tocantins, Rio Sono e Santa Tereza do Tocantins.

Das 36 comarcas, 10 são correicionadas pela Corregedoria-Geral de Justiça do Estado do Tocantins (CGJUS) e as demais pelos juízes corregedores permanentes das comarcas. Este é o caso da diretora do foro de Novo Acordo, juíza Aline Marinho Bailão Iglesias.

Para contribuir com críticas e sugestões, a população, advogados ou demais interessados, podem direcionar as reclamações aos seguintes canais de atendimento: e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; telefone: (63) 3369-1168 (WhatsApp) 3369-1171.

O expediente forense e as audiências designadas não serão suspensas nos dias da correição, bem como não será necessária a devolução de processo aos cartórios.

A medida está prevista na Consolidação das Normas Gerais da Corregedoria Geral da Justiça (CGJUS) e, em conformidade com os preceitos nos art. 105 e 107 da Lei 10/96. 

O que são as correições?

As correições têm como finalidade “apuração de fatos determinados relacionados a deficiências graves dos serviços judiciais e auxiliares, das serventias e dos órgãos prestadores de serviços notariais e de registro” (artigo 54 do Regimento Interno do CNJ).

Em alguns casos, a Corregedoria pode instaurar sindicância investigativa para aprofundar fatos graves apontados em relatório de correição. (Fonte: CNJ)

[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.