Em meio à polêmicas, Câmara de Araguaína aprova Dia do Conservadorismo

O prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, deve sancionar o Projeto de Lei n° 026/22, que institui o Dia Municipal do Conservadorismo na cidade. O PL foi aprovado na última quinta-feira, 2, no Plenário da Câmara Municipal. De acordo com o Projeto aprovado, a data integrará o Calendário Oficial de Eventos do município e será celebrado, anualmente, no dia 10 de março.

Marcus Duarte, favorito à presidência da Casa de Leis é o autor do PL e destacou que a data tem como objetivo rememorar princípios caros ao conservadorismo, como a família, a religião, a ordem e a liberdade. Segundo ele a aprovação vai “em contraposição ao globalismo, o conservadorismo foca na continuidade e estabilidade das instituições, opondo-se a quaisquer tipos de movimentos que provoquem ruptura radical da ordem estabelecida.”

Em junho do ano passado, tanto Marcos Duarte, quanto Sargento Carneiro e Ygor Cortez, foram alvos de investigação criminal pelo Ministério Público do Estado, pelo crime de homofobia. Marcos Duarte e Ygor Cortez foram notificados a prestarem esclarecimentos sobre as postagens contra uma campanha da Prefeitura de Araguaína de Dia dos Namorados.

O fato envolvendo o Sargento Jorge Carneiro, teria ocorrido no dia 10 de maio, quando o vereador subiu à tribuna da Casa de Leis e se dirigiu a um profissional da imprensa, Stoff Vieira, utilizando comentários preconceituosos, buscando diminuí-lo por conta da sua identificação de gênero. Confira:

O MP ainda fez recomendações para que os parlamentares façam um discurso de retratação.

1 comentário
  1. […] o parlamentar é autor da lei que cria o Dia do Conservadorismo em Araguaína. Durante o mandato, foi alvo de investigação criminal pelo crime de homofobia, pelo Ministério […]

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Quer acompanhar
todas as notícias
em primeira mão?

Entre em um de nossos
grupos de WhatsApp