Grupo de trabalho do Programa SimplesTOC inicia ações e avança em direção à linguagem simples no Judiciário do Tocantins

[ad_1]

A implementação do uso da linguagem simples, da facilitação visual e de ferramentas tecnológicas que visem o aprimoramento dos processos de comunicação no Poder Judiciário do Tocantins (PJTO) está cada vez mais próxima. Na primeira reunião do Grupo de Trabalho instituído para prestar apoio ao Programa SimplesTOC, nesta quarta-feira (13/12), foram discutidas e deliberadas ações do projeto para o próximo ano.

Ao abrir a reunião, o juiz auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça, Roniclay Alves de Morais, que é gestor do programa, destacou que o SimplesTOC é uma mudança de paradigma. “A questão da linguagem significada é uma mudança, hoje, mundial. O Brasil, o mundo inteiro hoje está falando sobre linguagem significada”, disse, enfatizando a importância de se entregar um serviço que seja compreendido pelas pessoas que vão recebê-lo.

A reunião foi conduzida pela coordenadora de assessoramento jurídico da Diretoria-Geral, Roberta Martins Soares Maciel Ismael, que também é gestora do programa. Na ocasião, a servidora ressaltou que o projeto, que funciona dentro do Centro de Inovação Inovassol, abarca muitas ações. Segundo ela, é preciso que o grupo tenha um olhar sistêmico, que veja as prioridades com o olhar das unidades.

Durante o encontro, foram apresentadas as ações do projeto, a exemplo da simplificação de documentos, estratégias de comunicação e sensibilização, bem como a capacitação da equipe e servidores, cujo período previsto para realização é a segunda quinzena de fevereiro de 2024.

 

Membros do grupo

Além dos gestores do programa, o juiz Roniclay Alves de Morais e a servidora Roberta Martins Soares Maciel Ismael, integram o Grupo de Trabalho a diretora de Comunicação, Kézia Reis; e os servidores Alecsandre Alves Oliveira (ASPLAN/CGJUS), Alessandra Martins Polonial Adorno (Ouvidoria), Darllanne Cristina dos Santos Ferreira Tacho (Coges), Neuracy Viana Cruz Lima (Cecom), Graziela Coelho Borba (Esmat), Mária Rúbia Gomes da Silva Abalém (Esmat), Celma Barbosa Pereira (Dijud), Pauline Sabará de Souza (SEDCC/Diadm), Helivan Araújo Lopes (Dtinf), Vicente Hercílio da Costa e Silva (Dtinf), Patrícia Urcino Idehara (CPAI) e a servidora Ana Berenice Aguiar (Inovassol).

[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.