Homem condenado a 12 anos de prisão por estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil


Homem deverá dar início ao cumprimento da pena a qual foi condenado

Foto: Divulgação/DICOM SSP TO

Foto: Divulgação/DICOM SSP TO

Na manhã desta quinta-feira, 29, policiais civis da 80ª Delegacia de Novo Acordo, coordenados pelo delegado titular da unidade, Fabrício Piassi, deram cumprimento a um mandado de prisão em desfavor de um indivíduo de 40 anos de idade, o qual foi condenado a uma pena de 12 anos de reclusão pela prática do crime de estupro de vulnerável.

O crime ocorreu no ano de 2018 na própria casa da família, em Novo Acordo, ocasião em que o autor abusou sexualmente da enteada que na época contava com apenas sete anos de idade. Após ser comunicada sobre o fato, a Polícia Civil deu início às investigações e identificou o autor do crime hediondo.

Com base nas investigações da PC-TO, o homem foi condenado pela Vara Criminal da Comarca de Novo Acordo e após um intenso trabalho investigativo, o homem foi encontrado hoje na cidade de Novo Acordo, quando os policiais civis efetuaram a sua prisão.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o condenado foi recolhido à Unidade Penal de Palmas, onde deverá dar início ao cumprimento de sua pena.

CARNAVAL DE GURUPI 2024

Para o delegado Fabricio Piassi, a localização e captura do indivíduo representa uma importante ação da Polícia Civil do Tocantins, pois o homem possui condenação a 12 anos por um crime considerado gravíssimo.

“Trata-se de uma ação muito exitosa, que foi realizada pela equipe da 80ª DP de Novo Acordo, a qual resultou na captura desse indivíduo condenado à justiça pela prática de crime contra a dignidade sexual de uma criança de apenas sete anos de idade. Além disso, com a prisão desse homem, a Polícia Civil dá mais uma resposta satisfatória para a sociedade, sobretudo, a família da vítima que tanto confiou no trabalho da PC-TO”, disse o delegado.





FONTE

Comentários estão fechados.

Quer acompanhar
todas as notícias
em primeira mão?

Entre em um de nossos
grupos de WhatsApp