Polícia Civil prende facicionnado de alta periculosidade e condenado a mais de 15 anos de prisão por roubos


Indivíduo é apontado como autor de vários roubos a mão armada em Palmas e outras cidades do interior do Estado.

Foto: Divulgação/DICOM SSP TO

Foto: Divulgação/DICOM SSP TO

Em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Miracema, policiais civis da 5ª Delegacia de Palmas, efetuaram na manhã desta quinta-feira, 7, a prisão de um indivíduo de iniciais L.M.R.S, vulgo Latroa ou Maori, de 27 anos, o qual é considerado de alta periculosidade e é integrante de uma facção criminosa de renome nacional e que tamv´vem atua no Estado do Tocantins.

As investigações que resultaram na captura desse indivíduo tiveram início há mais de 10 dias quando as equipes da 5ª DPC, da Capital receberam informações da Delegacia de Polícia Civil de Miracema, informando que um foragido da Justiça daquela cidade pelos crimes de roubo estaria escondido em Palmas,onde possivelmente estaria praticando delitos na capital.

Com base nas informações recebidas, os policiais civis da 5ª DPC iniciaram os levantamentos e, na manhã desta quinta-feira, conseguiram localizar o paradeiro e efetuar a prisão do faccionado que se encontrava em uma residência na região sul de Palmas. Ao ser capturado, o homem também confessou que havia participado de um roubo a mão armada ocorrido em um bairro da região sul de Palmas, onde uma família foi feita refém e diversos bens foram subtraídos.

CARNAVAL DE GURUPI 2024

Fuga de Aparecida de Goiânia

Muito conhecido no meio policial devido aos vários crimes praticados, no ano de 2020, o indivíduo conseguiu fugir do presídio de Aparecida de Goiânia, onde estava preso devido a uma vasta lista de crimes praticados contra o patrimônio.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o homem foi recolhido à Unidade Penal Regional de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Miracema do Tocantins.





FONTE

Comentários estão fechados.

Quer acompanhar
todas as notícias
em primeira mão?

Entre em um de nossos
grupos de WhatsApp