Polícia investiga jogador do Flamengo por suposta fraude para tirar carteira de motorista

[ad_1]

Matheus França tem 19 anos e faz parte do time principal do Rubro-Negro; aulas teóricas teriam acontecido durante jogos da equipe carioca

Marcelo Cortes/ Flamengomatheus frança; flamengo
A assessoria do jogador disse que ele está focado nos próximos jogos da equipe e não deve se manifestar sobre o caso

Um jogador do time profissional do Flamengo está na mira da Polícia Civil. O atacante Matheus França, 19, é alvo de inquérito que investiga suposta falsidade ideológica no processo em que o atleta tirou a carteira de motorista do Estado. A denúncia foi feita pelo setor de inteligência do Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran-RJ). Segundo a entidade, o relatório identificou possível fraude nas aulas teóricas e práticas que França vinha fazendo ao longo do ano passado. Os agentes descobriram que as aulas teóricas foram realizadas em um período muito curto: 10 dias, entre 16 e 26 de junho do ano passado, sempre com o mesmo instrutor. Ainda segundo o Detran, as aulas teriam acontecido das 6h às 22h, com 16 horas consecutivas de conteúdo. Outro detalhe que chamou a atenção é que as aulas teriam acontecido em dias e horários de jogos do Flamengo por distintas competições. O sistema do Detran indicou que todas as digitais realizadas para o início das aulas de França não foram aceitas automaticamente, sendo necessário um perito fizesse o registro. A Corregedoria do Detran solicitou as imagens das digitais, que foram capturadas e enviadas à Polícia Civil do Rio de Janeiro. O Flamengo não se manifestou sobre a investigação. A assessoria do jogador disse que França está focado no jogo da equipe contra o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro, e que não pretende fazer pronunciamento oficial.

Confira o vídeo na íntegra:

*Com informações do repórter Rodrigo Viga



[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.