Polícia procura suspeito de roubar fuzil da Marinha no Rio de Janeiro

[ad_1]

Justiça Militar já expediu mandado de prisão contra Thalys Luiz da Silva Gonzaga; depois do roubo, equipamento foi pintado de preto e teve numeração de série raspada

Reprodução/Jovem Pan Newsarma apreendida
Crime foi flagrado por câmeras de segurança e mostram dois homens roubando o fuzil da mão de um soldado

As forças de segurança do Rio de Janeiro estão à procura de um ex-fuzileiro naval que teria roubado um fuzil calibre 762 em dezembro de 2022. O suspeito foi identificado como Thalys Luiz da Silva Gonzaga e já teve a prisão decretada pela Justiça Militar da União pelo crime de roubo de armamento. O crime foi flagrado por câmeras de segurança e mostram dois homens roubando o fuzil da mão de um soldado. Depois de ser roubada, a arma foi pintada de preto e teve o número de série raspado. Entretanto, após a apreensão do equipamento, agentes da Polícia Civil conseguiram identificar a numeração original. Segundo a corporação, o armamento será devolvido à Marinha do Brasil. O Portal dos Procurados do Rio de Janeiro já divulgou cartaz pedindo informações sobre o paradeiro de Thalys, mas a expectativa da Polícia Civil é de que o ex-fuzileiro seja detido em breve.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga



[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.