Portal do Ministério Público do Estado do Tocantins

[ad_1]

O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio do Centro de Apoio Operacional de Habitação, Urbanismo e Meio Ambiente (Caoma), recebeu nesta quarta-feira, 29,  do Comitê do Fogo, um Certificado de Reconhecimento pelo apoio no combate a incêndios florestais em 2023.

O certificado foi entregue ao promotor de Justiça da Promotoria Regional Ambiental do Araguaia e coordenador do Caoma, Francisco Brandes Júnior, em razão dos relevantes serviços prestados pelo centro de apoio nas ações de prevenção, combate e fiscalização aos incêndios florestais durante o ano.

De acordo com o superintendente da Defesa Civil e coordenador do Comitê do Fogo, coronel Erisvaldo Alves, que fez a entrega do certificado, o trabalho de monitoramento realizado pelo Caoma e disponibilizado ao comitê, desde 2019, é essencial para as atividades de combate aos incêndios.

“Agradecemos ao Caoma pelo monitoramento, praticamente em tempo real, das áreas queimadas e pelo trabalho feito junto aos municípios para a formação das brigadas anti-incêndio”.

Segundo o coordenador do Caoma, Francisco Brandes Júnior, a equipe do Centro já tem trabalhado na compilação de dados para prestar o devido suporte ao Comitê do Fogo no ano de 2024. “Nosso objetivo é que tanto o grupo de atuação em queimadas do MPTO quanto o Caoma entreguem os dados de queimadas do ano de 2023 junto com a estratégia de atuação para o ano de 2024”.

Francisco Brandes explicou que esses dados deverão conter informações relativas à formação de brigadas municipais, às propriedades com incidência de queimadas e aos resultados das investigações, para que as entidades que compõem o Comitê do Fogo possam se preparar, ainda no mês de janeiro de 2024, para atuar no combate aos incêndios durante todo o ano.

Comitê

O Caoma integra o Comitê Estadual de Prevenção e Controle às Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais – Comitê do Fogo, organização que reúne mais 30 instituições no controle e combate a incêndios e queimadas.

A coordenação do comitê é realizada pelo Comando de Ações de Defesa Civil (Codec/TO) do Corpo de Bombeiros Militar. Neste ano, as ações do comitê tiveram início em março, com atividades de monitoramento, fiscalização e combate a incêndios florestais.

(Erlene Miranda – Ascom MPTO)



[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.