Portal do Ministério Público do Estado do Tocantins

[ad_1]

A Campanha 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher teve início no dia 20 de novembro, com o Dia da Consciência Negra, e segue até o dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. Ciente da relevância da campanha, o Ministério Público do Tocantins (MPTO) promoverá na quarta-feira, 06, e quinta-feira, 07, atividades de conscientização e capacitação sobre a temática.

As ações serão realizadas pelo Núcleo Maria da Penha, coordenado pela promotora de Justiça Renata Castro Rampanelli. Na quarta-feira, 06, acontece no auditório do 1º piso do MPTO a oficina “A Violência Intrafamiliar sob a Perspectiva da Segurança Pública e da Saúde Pública”, ministrada pela consultora em violência doméstica, psicóloga e pós-doutora em Direitos Humanos, Dra. Artenira Silva e Silva.

A oficina é direcionada a integrantes do MPTO, estudantes, profissionais da saúde, membros da Rede de Enfrentamento à Violência contra as mulheres e comunidade em geral, e as inscrições poderão ser feitas neste link.

Já na quinta-feira, 07, às 14h, também no auditório do 1º piso, será promovida uma reunião com integrantes da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher do Tocantins, para a elaboração de protocolo visando discutir sobre a atuação da rede.

Campanha

Realizada anualmente no Brasil desde 2003, a Campanha 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher tem como intuito sensibilizar a sociedade sobre a temática.

(Erlene Miranda – Ascom MPTO)



[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.