roda de conversa sobre “Inclusão da Mulher na Política” é realizada com alunos de Taquaruçu

[ad_1]

Foi realizada nesta sexta-feira (01/03), às 9h30, uma roda de conversa sobre “Inclusão da Mulher na Política” com alunos do Colégio da Polícia Militar Duque de Caxias, no Distrito de Taquaruçu. O evento tem como objetivo estimular a importância da equidade de gênero e a participação feminina na política e integra o projeto “Maria nas Comunidades”, desenvolvido pela Ouvidoria da Mulher do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO).  

O bate-papo foi conduzido pela juíza coordenadora do programa + Mulher + Democracia, Edssandra Barbosa da Silva Lourenço; e contou ainda com a colaboração da representante da OAB Tocantins, Raquel Albuquerque; e da professora do Colégio Militar Duque de Caxias, Albertina de Carvalho Fonseca Leal.

“É muito importante para nós, enquanto entidade do Tribunal de Justiça, conscientizarmos essas adolescentes sobre o papel da mulher na política levando essas informações às escolas através do projeto Maria nas Comunidades”, destaca a coordenadora da Ouvidoria da Mulher do TJTO, Alessandra Adorno.

A servidora da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid), Mayana Araujo Cunha Tomain, afirma que as políticas públicas, dentre outros objetivos, devem prever serviços que apoiem vítimas de violência, bem como implementar e monitorar leis que contribuam para uma mudança cultural mais ampla em relação à violência de gênero.

“É tão significativa a presença e participação das mulheres na política, por trazerem perspectivas únicas e experiências pessoais que auxiliam na formação de políticas e medidas mais sensíveis e eficazes para lidar com a violência contra mulher”, finaliza.

“Gostei muito do tema porque uma mulher conhece a necessidade de outras, por isso precisamos de mulheres na política, para nos sentirmos representadas. Como somos o futuro, precisamos aprender mais das coisas que estão por vir e essa palestra serviu para esclarecer o que podemos ou não fazer”, disse a aluna Raielly Lima, 15 anos.

A roda de conversa teve a parceria da Ouvidoria das Mulheres do TRE-TO e abordou sobre a importância da mulher ir além, investir, acreditar em si mesma, e como a desigualdade está em todo lugar, mas principalmente no âmbito da política. Foram esclarecidos conceitos de cidadania e democracia, direitos e deveres no processo político brasileiro, e principalmente conscientização para a importância de sua participação eleitoral ativa e passiva, buscando a autonomia feminina na escolha dos seus candidatos.

Maria nas Comunidades

É uma iniciativa que une forças com o compromisso de promover a defesa dos direitos das mulheres. O projeto conta com a parceria da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid), do Tribunal de Justiça (TJTO); do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO), por meio da Ouvidoria da Mulher e do Programa + Mulher + Democracia da  Escola Judiciária Eleitoral (EJE); da Secretaria de Segurança Pública, através das delegacias da mulher; da Defensoria Pública, por meio do Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres (Nudem); do Ministério Público do Tocantins, através do Núcleo Maria da Penha; da Ordem dos Advogados do Brasil – Comissão da Mulher advogada (OAB-TO); e da Associação de Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ).

 

 

[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.