Divisão Antirroubos da Polícia Civil do Tocantins captura autor de roubo à Açaiteria

[ad_1]

Na manhã desta sexta-feira, 5, a Polícia Civil do Tocantins, por meio da Delegacia de Repressão a Roubos – DRR de Araguaína, deu cumprimento a mandado de prisão em desfavor de um homem de 24 anos, o qual é apontado como o autor de um crime de roubo praticado em uma açaiteria daquela cidade, no último dia 11 de abril.

O delegado-chefe da DRR, Felipe Crivelaro, informou que após o crime, a unidade especializada começou as investigações e conseguiu identificar o indivíduo que também foi flagrado por câmeras de vigilância durante a prática do crime. “Foi possível constatar que, no momento em que entra no estabelecimento comercial, o investigado simula estar armado, rende clientes e funcionários, subtrai todo o dinheiro do caixa e foge em seguida”, explica a autoridade policial.

Com o aprofundamento das investigações, a unidade antirroubos da PC-TO, apurou que o suspeito seria o mesmo que roubou, no último dia 4 de janeiro, uma agência dos Correios também em Araguaína, valendo-se no mesmo modus operandi. “Trata-se de um indivíduo contumaz na prática de delitos contra o patrimônio e que já vinha agindo há algum tempo na cidade de Araguaína”, frisou o delegado.

Desta vez, a autoridade policial representou pela prisão temporária do suspeito, a qual foi cumprida na data de hoje, quando o homem foi localizado e conduzido até a sede da DRR, onde foi ouvido e, após os procedimentos legais cabíveis, recolhido à Unidade Penal Regional da cidade, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

“No primeiro roubo, diante da ausência de periculosidade concreta na ação e inexistência de antecedentes criminais, não representamos pela prisão cautelar do indiciado, dando a ele a oportunidade de responder em liberdade. Entretanto, como ele não aproveitou a segunda chance que teve, sua prisão foi prontamente requerida ao juiz, e agora, ele deverá responder ambos os processos em privação de liberdade”, ressaltou a autoridade policial



[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.