Grupo Jovem Pan recebe homenagem na Câmara Municipal de São Paulo

[ad_1]

Homenagem aconteceu durante evento de celebração dos 90 anos da Associação Paulista de Imprensa e aos 75 anos da independência do Estado de Israel

Reprodução/Jovem Pan NewsHomenagem Jovem Pan News
O diretor de conteúdo do Grupo Jovem Pan, Carlos Aros, recebeu recebeu a homenagem das mãos do presidente da API, Sérgio Redó

A Câmara Municipal de São Paulo promoveu, nesta segunda-feira, 8, uma solenidade conjunta em comemoração aos 90 anos da Associação Paulista de Imprensa e aos 75 anos da independência do Estado de Israel. O Grupo Jovem Pan foi homenageado pelo trabalho realizado na defesa da liberdade de expressão e pelo jornalismo independente, atuante e focado na prestação de serviço. O diretor de conteúdo do Grupo Jovem Pan, Carlos Aros, recebeu a homenagem das mãos do presidente da API, Sérgio Redó, que destacou que o trabalho da mídia é buscar a verdade e que, todos os dias, deve-se combater a desinformação. “O povo de Israel, estando junto com toda a comunidade e sociedade de jornalistas, informadores e comunicadores, é para nós um prazer e uma honra. São 90 anos da API, em razão da nossa luta intransigente pelas liberdades de comunicação, expressão e de informação. Informação séria e que venha coma verdade. É o que faz a Jovem Pan”, disse Regó. Também foram homenageados o cônsul de Israel em São Paulo, Rafael Erdreich, e o rabino Rav Sany.

Em conversa com jornalistas, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) agradeceu toda a contribuição dos israelenses para a cidade de São Paulo: “Por iniciativa do vereador Edir Salles, estou participando desse evento importante (…) Duas datas muito fundamentais para a democracia, para a liberdade e eu queria deixar registrado o meu agradecimento a todo o povo de Israel e a todo o povo judeu pela contribuição com a cidade de São Paulo. É um povo que ajuda muito no desenvolvimento da cidade, bem como a questão da liberdade de imprensa”, disse Nunes. O vice-governador do Estado de São Paulo, Felício Ramuth, que é de origem judaica, também participou do evento, falando sobre a admiração pelos judeus. “Esse momento tem tudo a ver com a vibrante democracia de Israel. Nosso país hoje vive um momento delicadíssimo em relação à liberdade de expressão e, consequentemente, à liberdade de imprensa. Que todos nós sejamos atentos a isso”, disse Ramuth.

Confira a reportagem na íntegra:

*Com informações do repórter Victor Moraes



[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.