PF deflagra nova fase da Operação Lesa Pátria para identificar envolvidos no 8 de Janeiro

[ad_1]

Ao todo, estão sendo cumpridos 22 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Mato Grosso e Paraná; a Justiça também determinou o bloqueio de bens, ativos e valores dos investigados

Polícia Federal/DivulgaçãoPolícia Federal
Segundo a PF, não estão sendo cumpridos mandados de prisão nesta fase da Operação

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira, 11, a 11ª fase da Operação Lesa Pátria, que visa identificar financiadores, participantes e fomentadores dos atos de 8 de Janeiro. Ao todo, estão sendo cumpridos 22 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraná. Os mandados foram cumpridos nas cidades de Maracaju (MS), Missal (PR), Londrina (PR), Cornélio Procópio (PR), Castro (PR), Bauru (SP) e Sorocaba (SP). Os mandados foram expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A Justiça determinou o bloqueio de bens, ativos e valores dos investigados até o limite de R$ 40 milhões para ressarcimento dos danos causados ao patrimônio público. Os envolvidos serão investigados pelos crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido. Na ocasião, centenas de manifestantes invadiram as sedes do Congresso Nacional, do STF e o Palácio do Planalto, promovendo violência e dano generalizado contra objetos e os imóveis das instituições. Segundo a PF. as investigações continuam em curso e a Operação seguirá com atualizações periódicas sobre o número de mandados expedidos, pessoas detidas e foragidos da Justiça.



[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.