PJTO adquire software de acessibilidade e inclusão e você pode ajudar a definir o personagem virtual

[ad_1]

Com intuito de estar próximo ao cidadão e a cidadã de forma acessível e inclusiva, o Poder Judiciário do Tocantins (PJTO) adquiriu um novo software: o Rybená, que vai permitir que pessoas com deficiência auditiva e visual contem com um sistema mais completo e acessível para auxiliar na navegação pelo portal, o www.tjto.jus.br. Além das funções básicas de tradução em libras, a nova ferramenta oferecerá funcionalidades como a leitura para cegos, reproduzida em áudio.

Com o Rybená, o Judiciário tocantinense expande as possibilidades de abordagem e inovação tecnológica. Até o momento, o portal do TJTO conta com a ferramenta VLibras, onde o Ícaro – personagem virtual –  traduz o conteúdo do site para a linguagem de sinais. Com a chegada do Rybená, o Ícaro vai se aposentar depois de um longo e bem sucedido período de prestação no auxilio da navegação. No lugar dele, outro (a) personagem digital exclusivo será gerado pelo novo software.

Escolha o personagem
Para essa nova fase de inclusão e acessibilidade, o PJTO quer contar com você para ajudar na criação do avatar (personagem virtual). O Centro de Comunicação Social do Tribunal de Justiça do Tocantins (Cecom) desenvolveu uma pesquisa para que servidores (as) e a sociedade em geral possam escolher as características desse (a) novo (a) guia de navegação acessível do site. Ao responder às perguntas, você pode optar pelo tipo corporal do personagem, cor e outros atributos. Para acessar é só clicar aqui.

Software Rybená
O software Rybená é um conjunto de ferramentas focado na acessibilidade e tradução de conteúdos de sites para pessoas com deficiência auditiva ou visual. Nele estão presentes diversas funções que permitem o acesso fácil e navegação simplificada, como recursos de libras e a sonorização automática de textos em português, inglês e espanhol. Além disso, recursos extras de leitura como contraste de cores, destaque de links, alteração do tipo de fonte, tamanho ou espaçamento, guia de leitura e contraste de cores.

Esse conjunto reforça não só o compromisso do Poder Judiciário com a inclusão, mas também a importância de termos ambientes adaptados para atender todos os tipos de público, tanto no âmbito virtual, quanto em qualquer outra área social.

[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.