Homem que fingia ser menina para obter fotos íntimas de crianças é preso pela PF em SP

[ad_1]

Suspeito utilizava um perfil falso em um aplicativo de mensagens para obter as imagens e, em seguida, extorquia as vítimas

Marcelo Camargo/Agência Brasil Polícia Federal prendeu homem suspeito de armazenar fotos íntimas de crianças
Suspeito foi preso pela Polícia Federal em Jacareí, interior de São Paulo

A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta quarta-feira, 10, um homem que fingia ser menina para obter fotos íntimas de crianças. O suspeito foi localizado em Jacareí, no Vale do Paraíba, em São Paulo. O mandado foi expedido pela 3ª Vara Federal de São José dos Campos. Segundo as investigações da corporação, o suspeito se apresentava como uma menina menor de idade através de um perfil falso em um aplicativo de mensagens. Depois de obter as imagens, o homem passava a extorquir as vítimas para obter novas fotos, sob ameaça de divulgação das imagens compartilhadas em redes sociais. O homem foi preso em flagrante após centenas de arquivos de pornografia infantil serem encontrados em sua casa. A PF apreendeu o celular, cinco notebooks e um HD do investigado foram apreendidos pela corporação. O material passará por perícia. Ele responderá por armazenar e compartilhar vídeos e fotos contendo cena de sexo explícito ou pornografia envolvendo menores de idade, além das extorsões. Caso seja condenado, o suspeito poderá pegar até 16 anos de prisão. Segundo a PF, a prisão faz parte da Operação SPY, projeto iniciado pela Delegacia de Polícia Federal em São José dos Campos. O objetivo é intensificar o trabalho de repressão permanente a crimes relacionados ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil na região do Vale do Paraíba.



[ad_2]

FONTE

Comentários estão fechados.